Liderança
 
 
 
 
Comissões
 
 
 
Bancada da Maioria
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Legislativo
 
 
 
 
Multimídia
 
 

Notícias
Publicada em 19 de Abril de 2017 ás 13:55:24
Share

Presidente se reúne com dirigentes empresariais


 
“A criação de um Código de Defesa do Consumidor será um marco no relacionamento do empresariado com o poder público na Bahia, por delimitar direitos, deveres e oferecer regras claras para as classes produtoras terem tranquilidade para investir”. Esta é a opinião do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Angelo Coronel (PSD), que acrescenta. “Só com a geração de emprego e renda, a crise será superada, e a Assembleia vai agir e negociar a aprovação dessa matéria no menor prazo possível”. O presidente da Alba acrescentou que trabalha de forma compartilhada, no espírito que resume a atual gestão: “O que é bom para a Bahia agente aprova e, unidos, isso não será apenas um slogan”.  

O presidente do Legislativo recebeu um anteprojeto de lei elaborado por entidades empresariais baianas, em cerimônia que contou com as presenças de parlamentares e de líderes empresariais proeminentes, apoiando a iniciativa de forma inequívoca. Todos louvaram o espírito para o diálogo propositivo estabelecido pela nova Mesa Diretora e o deputado Nelson Leal (PSL), presidente da Frente Parlamentar da Indústria, registrou o caráter suprapartidário dessa proposta, salientando “o tempo novo vivido no Legislativo mais do que a abertura da Casa para entidades representativas dos baianos, pois a urgência da crise exige colaboração e parceria, uma interface sem partidarismo, em benefício da Bahia e dos baianos”. 

URGÊNCIA 


A reunião durou pouco mais de uma hora, sendo observadas nas intervenções dos deputados e empresários a necessidade de intensificação do diálogo, “para que a galinha dos ovos de ouro não morra, não sucumba, diante da necessidade dos governos de arrecadar ainda mais por conta da crise econômica”, observou o presidente da Federação do Comércio Carlos Andrade”. Todos os dirigentes empresariais falaram da “coincidência feliz” do presidente Angelo Coronel ter raízes empresariais profundas, conhecendo “na pele as dificuldades de todos que pretendem empreender em nosso país, daí a urgência da providência solicitada”. 

O deputado Pablo Barrozo (DEM) elogiou o diálogo agora iniciado, registrando que a ausência desse elo pode ter prejudicado o entendimento no Parlamento em iniciativa recente, o reajuste dos percentuais da GTA (guia para transportes de animais) que acabou ocorrendo sem uma discussão mais aprofundada. O deputado do DEM lembrou que o segmento do turismo também já esteve no Legislativo em busca de apoio, pois chega a 60 o número de hotéis e a quase dois mil bares e restaurantes fechados só em Salvador.  

O presidente da Federação das Indústrias da Bahia, Ricardo Alban, admitiu que o Código de Defesa do Contribuinte chega tarde ao nosso estado, pois dez outros estados já possuem esse marco regulatório, mas frisou que a proposta elaborada é boa para a sociedade e está aberta para o diálogo no foro certo que é o Poder Legislativo. Arrematou dizendo que “uma lei só é boa quando atende a todos os segmentos” e acredita que isso será obtido. 

Sentimento idêntico foi expresso pelo 1º secretário da Assembleia, deputado Sandro Régis (DEM), que destacou o papel social dessa matéria, pois não “existe cidadania sem emprego e renda”.  

Também participaram da reunião os deputados Leur Lomanto (PMDB), Reinaldo Braga (PSL), Adolfo Viana (PSDB) e Luciano Ribeiro (DEM), além do diretor executivo da FIEB, Vladson Menezes, e da assessora da Gerência de Relações Governamentais, Cinthia Freitas, dirigentes e assessores de outros órgãos integrantes do Fórum Empresarial da Bahia. 


ASCOM

Leia Também
 
Assembleia Legislativa da Bahia
1a Avenida, 130, CEP: 41.745-001, CAB, Salvador-Bahia. Edifício Sede, 2 andar
Tels.: (71) 3115-7270 / 3115-7083 / 3115-7140 Fax.:(71) 3115-7357
  Via X Internet